segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

Caminhar no Vale do Bestança, para além do Vale do Douro vinhateiro

Vamos aqui explorar o vale do rio Bestança caminhado ao longo das suas margens.

No artigo anterior referi que existe uma área do Vale do Douro que é menos conhecida que a região demarcada, é o vale do rio Bestança e a sua foz.
O rio Bestança nasce na Serra de Montemuro e vai desaguar no rio Douro.
No seu caminho de vida traçou um vale que merece a pena conhecer.
Longe dos olhares mais turísticos estão locais como Boassas ou Tendais, locais pacatos onde a vida acontece com poucas modernices.
Por esses lados já se vai tendo cobertura de telemóvel e outras comodidades atuais mas o que é verdadeiramente importante tal como a boa mesa, as boas casas e boa gente tudo isso há e sempre houve em abundância.
Os animais cruzam as aldeias a caminho dos currais e as gentes são amáveis, param sempre para dar dois dedos de conversa e saber se necessitamos de alguma coisa.
É um paraíso para caminhadas. Há uma infinidade de possibilidade de trilhos e se explorarmos bem o local temos como recompensa encontrar cascatas abundantes, pontes de pedra antigas e uma vegetação muito abundante e de cores relaxantes.
A jóia da coroa é Porto Antigo com o seu hotel à beira rio, o Hotel Porto Antigo.
Sem dúvida que continuarei a repetir as idas a este local.
David Monteiro
Enviar um comentário