segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Caminhar e fotografar na Lagoa do Fogo, São Miguel, Açores

Caminhar e fotografar na Lagoa do Fogo, São Miguel, Açores

Não há forma de fotografar mal a Lagoa do Fogo.

Com máquinas mais sofisticadas ou com simples smartphones, qualquer fotografia desta lagoa está condenada ao sucesso.
Quando aqui passamos, ou paramos, encontramos sempre o miradouro da lagoa cheio de carros parados, montes de gente a registar o momento e os barulhinhos das máquinas já quase que fazem parte da paisagem. Não consigo entender o que leva alguns destes aparelhos a ter um barulho a fingir que é uma máquina a disparar ... a Humanidade é estranha.
O local é tão giro que até qualquer selfie parola não tem como ficar mal.
Alguns caminheiros começam aqui o trajeto que os levará até Água d'Alto mas, no meu caso, este é um excelente ponto de passagem e, apartado um pouco dos locais mais concorridos, não haveria melhor vista para acompanhar o trincar da merenda.
A caminhada que me faz passar por aqui começa nas Caldeiras da Ribeira Grande onde fazemos o trajeto conhecido como Salto do Cabrito que por trilhos e veredas ligamos à Logoa do Fogo e a seguir é tudo a descer até à Praia de Água d'Alto ... como diz o povo "a descer todos os santos ajudam".
Divirtam-se,

Enviar um comentário